Ao longo dos últimos anos, a moda internacional tem buscado vir de  encontro às necessidades da sociedade, onde o surgimento de grupos diferenciados em seu modo de viver e com suas características únicas,  procura  sempre novas alternativas de comportamento e atitudes,  gerando um novo vestuário.

 Os tempos mudam e a juventude, como seu principal agente e cada vez mais atuante,  busca uma moda de vanguarda com que se identifique.

 E as grandes “griffes”, cada vez mais, procuram direcionar  seus esforços para  um público alvo específico.

 A moda de boutique, nos grandes centros urbanos, tenta inserir seu estilo inovador e próprio numa tendência global.

 Os conceitos voltados para a classe “A”,  têm como base uma moda limpa e transparente, onde a qualidade de seus produtos venha justificar seu valor de venda nas grandes vitrines. Qualidade acompanhada  por um designer próprio, que valorize a forma, procurando realçar o material utilizado e suas cores.

  Em decorrência das novas tendências das classes sociais “A” e “B”, a  MIXTIN busca somar  ao seu próprio estilo de vanguarda alternativo, todas as informações de novos tempos, transformando-os  na síntese de seu produto.

 

.